Início > Águas de São Pedro, Selo Verde! Eu ouvi bem? > Selo Verde! Eu ouvi bem?

Selo Verde! Eu ouvi bem?

24 de setembro de 2009 Deixe um comentário Go to comments

imag_curso_imag.phpOuvi por aí (essa é boa) uma história que existe um projeto para a Certificação de Águas de São Pedro. Seria um selo verde, algo como a ISO 14001 (série de normas desenvolvidas pela International Organization for Standardization (ISO) que estabelecem diretrizes sobre a área de gestão ambiental dentro de empresas).

Acho a iniciativa excelente, principalmente pelos enormes benefícios ambientais que traria para cidade.  Seria um grande desafio para todos.

O primeiro e mais importante passo é a sensibilização dos munícipes. Todos os setores da sociedade devem estar engajados neste objetivo. Todos querem viver em uma cidade ambientalmente correta, sustentável, mas até onde estaríamos dispostos a mudar nossas atitudes para contribuir com isso?

Existe um programa do Governo Estadual chamado “Município Verde”, que este ano passou a se chamar “Município Verde Azul” (para enfatizar também a importância da gestão das águas). A adesão dos municípios ao Projeto se dá a partir da assinatura de um “Protocolo de Intenções” que propõe 10 Diretivas Ambientais que abordam questões ambientais prioritárias a serem desenvolvidas.

As 10 Diretivas são: Esgoto Tratado, Lixo Mínimo, Recuperação da Mata Ciliar, Arborização Urbana, Educação Ambiental, Habitação Sustentável, Uso da Água, Poluição do Ar, Estrutura Ambiental e Conselho de Meio Ambiente, onde os municípios concentram os seus esforços na construção de uma agenda ambiental efetiva.

Águas de São Pedro assinou o protocolo em 2008 (primeiro ano do projeto) estabelecendo uma parceria com a Secretaria de Estado do Meio Ambiente que orientaria, segundo critérios específicos a serem avaliados, às ações necessárias para que o município seja certificado.

Nunca mais ouvi falar desse programa em minha cidade. Juntamente com o Protocolo teria que ter sido ser entregue um Plano de Ação, com o objetivo de declarar as ações propostas para o cumprimento das Diretivas Ambientais. Esse plano existe?

Se essa proposta realmente existir, seria bom que divulgassem mais abertamente. Tem muita gente por aí cheia de idéias querendo ajudar.

Agora se foi engavetado ou se foi usado como manobra política” realmente é uma pena. (lembrando que 2008, ano da assinatura o protocolo,  foi um ano eleitoral). Gostaria de maiores informações a respeito.

Mais informações sobre o Projeto Município Verde Azul você encontra aqui: www.ambiente.sp.gov.br/municipioverde/

Ouvi por aí (essa é boa) uma história que existe um projeto para a Certificação de Águas de São Pedro. Seria um selo verde, algo como a ISO 14001 (série de normas desenvolvidas pela International Organization for Standardization (ISO) que estabelecem diretrizes sobre a área de gestão ambiental dentro de empresas).
Acho a iniciativa excelente, principalmente pelos enormes benefícios ambientais que traria para cidade.  Seria um grande desafio para todos.
O primeiro e mais importante passo é sensibilizar todos os munícipes. Todos os setores da sociedade devem estar engajados neste objetivo. Todos querem viver em uma cidade ambientalmente correta, sustentável, mas até onde estaríamos dispostos a mudar nossas atitudes para contribuir com isso?
Existe um programa do Governo Estadual chamado “Município Verde”, que este ano passou a se chamar “Município Verde Azul” (para enfatizar também a importância da gestão das águas). A adesão dos municípios ao Projeto se dá a partir da assinatura de um “Protocolo de Intenções” que propõe 10 Diretivas Ambientais que abordam questões ambientais prioritárias a serem desenvolvidas.
As 10 Diretivas são: Esgoto Tratado, Lixo Mínimo, Recuperação da Mata Ciliar, Arborização Urbana, Educação Ambiental, Habitação Sustentável, Uso da Água, Poluição do Ar, Estrutura Ambiental e Conselho de Meio Ambiente, onde os municípios concentram os seus esforços na construção de uma agenda ambiental efetiva.
Águas de São Pedro assinou o protocolo em 2008 (primeiro ano do projeto) estabelecendo uma parceria com a Secretaria de Estado do Meio Ambiente que orientaria, segundo critérios específicos a serem avaliados, rumo às ações necessárias para que o município seja certificado.
Nunca mais ouvi falar desse programa em minha cidade. Juntamente com o Protocolo teria que ter sido ser entregue um Plano de Ação, com o objetivo de declarar as ações propostas para o cumprimento das Diretivas Ambientais. Esse plano existe?
Se essa proposta realmente existir, seria bom que divulgassem mais abertamente. Tem muita gente por aí cheia de idéias querendo ajudar.
Agora se foi engavetado ou se foi usado como “manobra política” realmente é uma pena. (lembrando que 2008, ano da assinatura o protocolo,  era um ano eleitoral). Gostaria de maiores informações a respeito.
Anúncios
  1. @LeJuvas
    25 de setembro de 2009 às 11:57

    Assim que possível irei fazer uma pesquisa sobre a existência do Plano Netto, confesso que nunca ouvi falar disso por aqui, mas vou verificar sim.

  2. Glucia
    26 de outubro de 2009 às 20:53

    Ol´!!!
    Estava psquisando sobre o Selo verde Azul e encontrei o seu texto…
    Sou professora em Salto Grande e descobri que os habitantes da cidade desconhecem o assunto.
    Aliás, o município ainda não tem o Selo.H´muita coisa para fazer…
    Acredito que existe muita gente mesmo querendo ajudar. Inclusive eu!
    Vamos fazer a nossa parte! Precisamos divulgar e cobrar de nossos representantes…

    UM abraço
    Glaucia

    • 27 de outubro de 2009 às 10:30

      Oi Glaucia, obrigado pela visita.
      Com certeza existem muitos projetos que nossos representantes desconhecem.
      É importante que divulguemos. Existe um projeto muito legal também da Secreta de Meio Ambiente do Estado de São Paulo chamado “Criança Ecológica”, visite o site: http://www.criancaecologica.sp.gov.br/.
      Vai ser o tema do meu próximo post.

      Um abraço e obrigado mais uma vez pela visita e volte sempre.
      Netto

  3. Adilson Toledo
    13 de novembro de 2009 às 10:49

    Olá…

    Águas está, de fato, inserida no projeto “Município VerdeAzul”, porém, desde o início deste ano. Ao assumir a Secretaria de meio Ambiente e Segurança Pública, constatei que nossa Estância figurava dentre os poucos municípios que não haviam aderido ao projeto. Por indicação do Prefeito Paulo Ronan, sou o Interlocutor de Águas junto à SMA – Secretaria Estadual do Meio Ambiente (aliás, aproveito para informar que Águas foi escolhida pelos Interlocutores do Município VerdeAzul para sediar o Encontro de Confraternização do grupo e, diante disso, receberemos nos próximos dias 19 e 20, tanto os Interlocutores como a equipe da SMA).

    Quanto ao Plano de Ação, é fato que ainda não o temos e só o teremos a partir do próximo ano. Durante este ano, seguindo minhas próprias metas, decidi por primeiramente inserir Águas de São Pedro no contexto ambiental (Município VerdeAzul, PCJ, FEHIDRO, Pacto das Águas, etc), participar dos eventos relacionados com tais projetos e programas, para, finalmente, elaborar os competentes Planos de Ação visando, não só a certificação, mas principalmente a captação de apoio e de recursos financeiros para a implementação de medidas voltadas ao desenvolvimento socio-ambiental em nossa cidade.

    Quero com isso dizer que, no momento que se aproxima a divulgação do ranking dos municípios participantes do projeto “Município VerdeAzul” (até o final do corrente mês), já antecipo que não espero que tenhamos uma boa pontuação (lembro que nossa pontuação no ano de 2008 foi 11,5, numa escala de zero a cem). Imagino, no entanto, que já tenhamos, no estágio que nos encontramos, condições para o desenvolvimento um satisfatório Plano de Ação, que nos possibilite a implementação das medidas necessárias para a certificação de Águas de São Pedro como “Município VerdeAzul”.

    Finalizando, acrescento que todo o nosso processo de planejamento e gestão ambiental está tomando por referência as dez diretivas do projeto “Município VerdeAzul”, entendendo que, uma vez atendidas estas diretivas, certamente estaremos atendendo as expectativas e anseios da comunidade envolvida. É claro que consideramos, ainda, outros parâmetros e medidas recomendadas por outros projetos e iniciativas ambientais, vide: Pacto das Águas, FEHIDRO e PCJ.

    Conto com a compreensão e apoio de todos.

    Grande abraço.

    Adilson Toledo.

    • 13 de novembro de 2009 às 10:53

      Obrigado por esclarecer alguns dos temas tratados aqui.

      Parabéns pela iniciativa.
      Abraço

  1. 29 de outubro de 2009 às 12:31
  2. 20 de novembro de 2009 às 09:54

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: