Estão nos Enrolando.

Foto 01 - Foto Ilustrativa (não é em Águas de São Pedro)

A questão do tratamento do Esgoto em Águas de São Pedro sempre foi uma briga. De um lado a Prefeitura Municipal e do outro a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo – SABESP. É inconcebível que uma cidade com as características de Águas de São Pedro, uma Estância Hidromineral, não trate sequer 0,0001% do esgoto gerado.

Mas este não é um problema exclusivo de Águas de São Pedro, a falta de Estações de Tratamento de Esgoto (ETE) é uma realidade de muitos municípios. Muitas prefeituras, por não terem condições de manter sob sua administração os serviços de saneamento básico, firmam contratos de concessão com empresas, deixando sob responsabilidade delas o gerenciamento do abastecimento de água, coleta e disposição do lixo e do esgoto. Mas até onde os contratos estão sendo cumpridos? Será que em cidades menores como a nossa, as concessionárias não arrecadam o suficiente para investir na construção de uma ETE? Seria falta de força política? Eu não sei.

Bom, a verdade é que enquanto requerimentos e ofícios vão e voltam solicitando uma posição da SABESP, o esgoto esta sendo lançado de forma in-natura em nossos Rios.

No dia 1 de Outubro de 2007, a SABESP informou em reunião com alguns vereadores (ver matéria Câmara Municipal) que em meados de Julho de 2008 um novo edital de licitação seria publicado para a construção da ETE de Águas de São Pedro. Afirmou também que naquela data, os projetos estavam sendo revisados e readequados. E até hoje NADA!! Quer dizer: Estão nos Enrolando.

Vamos visualizar o problema de forma prática:

Segundo o IBGE (2008), Águas de São Pedro possui cerca de 2.613 habitantes. Vamos colocar uma margem de erro e elevar esse número para 4.000 habitantes (sabemos que é menos). Existe um famoso Centro de Compras (Parque D. Pedro) de Campinas que possui uma ETE exclusiva, que trata 100% do esgoto gerado. A Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) tem capacidade para trabalhar com até 2 mil metros cúbicos de efluente por dia, para vocês terem uma idéia, isso equivale a tratar o esgoto de uma cidade de 15.000 habitantes, ou seja, um shopping tem a capacidade de tratar o esgoto de uma cidade com população três vezes maior que a de Águas de São Pedro. INCRÍVEL!! E nós não tratamos nada.

Foto 01 - ETE do Shopping Parque D. Pedro. Capacidade máxima de tratamento equivalente a uma cidade de 15 mil habitantes.

Foto 01 - ETE do Shopping Parque D. Pedro. Capacidade máxima de tratamento equivalente a uma cidade de 15 mil habitantes.

Uma outra solução que esta se tornando muito comum em empresas e condomínios são as chamadas Estações de Tratamento de Efluentes Compactas e Modulares que tem, na facilidade e baixo custo de implantação e operação, as suas vantagens. Tenho conhecimento de condomínios de 8 mil habitantes que utilizam sistemas parecidos. Seria uma boa alternativa para Águas de São Pedro.

Foto 03 - Exemplo de uma ETE Compacta.

Foto 02 - Exemplo de uma ETE Compacta.

Os responsáveis pela administração do município deveriam adotar uma postura mais firme e cobrar, de forma efetiva , o tratamento do nosso esgoto. O meio ambiente e principalmente os rios agradecem.

Um abraço a todos.

Anúncios
  1. André Travaina
    26 de outubro de 2009 às 16:09

    Parabéns Netto !!! Tem gente precisando ler suas postagens ! Nota 1000.

  2. Breno Varges
    29 de outubro de 2009 às 11:16

    Parabéns pelas postagens. Pena que são poucos que possuem conhecimento disso tudo e ou atitude para que algo realmente seja feito. Mas renovei minhas esperanças nesse blog.

    Um grande abraço.

  3. Adilson Toledo
    13 de novembro de 2009 às 10:01

    O caso é realmente sério.

    Essa questão, de fato, é muito incômoda a todos nós.
    Tivemos uma reunião no início do ano (Prefeitura e Superintendência da SABESP) para tratarmos da questão e dois pontos ficaram previamente acordados: a construção da Estação Elevatória da Rua dos Pinheiros e a construção da Estação de Tratamento de Esgoto. No primeiro caso, a obra está em andamento (até porque é necessária para que a questão da ETE possa ser atendida) e, segundo informações da própria concessionária, deverá entrar em operação na segunda quinzena de Dezembro próximo.

    Em relação à ETE, infelizmente, o acordo fechado contemplava o início do processo de licitação em julho próximo passado e o início das obras até o final do corrente ano. Vale dizer que houveram alguns contratempos em relação ao terreno onde se projeta a construção da ETA (inicialmente, houve um embargo por parte da Prefeitura de São Pedro), os quais já foram solucionados. Infelizmente, no entanto, o cronograma inicialmente sugerido não foi cumprido e, segundo recentemente informado pela SABESP, o início do processo de licitação está previsto para a segunda quinzena de 2010.

    Esta questão está sendo analisada pela Prefeitura e, é óbvio, queremos todos vê-la resolvida o quanto antes (vale lembrar que nosso contrato de concessão vence no próximo ano).

    Como Secretário Municipal, tenho recorrido à SMA, considerando que o fato de não termos esgoto tratado em Águas de São Pedro (aproximadamente 98% captado e 0% tratado), é motivo de incômodo também para o Secretário Xico Graziano (Secretário Estadual de Meio Ambiente), o qual já manifestou algumas vezes tal insatisfação, considerando o tamanho e o potencial de nossa Estância.

    É aguardar…

    Abraço.

    Adilson Toledo.

    • 13 de novembro de 2009 às 10:19

      Uma questão delicada. Pena que não depende só de Águas de São Pedro.

      Um abraço e obrigado pela visita.

  1. 10 de agosto de 2010 às 15:31

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: