CRIME AMBIENTAL! Parte 2

Depois da repercussão da denúncia de Crime Ambiental cometido pela Prefeitura Municipal de Águas de São Pedro, a Secretaria de Meio Ambiente e Segurança Pública se pronunciou Oficialmente através de seu website.

Abaixo segue o texto na íntegra:

Nota Oficial (APP)

ESTÂNCIA HIDROMINERAL DE ÁGUAS DE SÃO PEDRO SECRETARIA MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE E SEGURANÇA PÚBLICA

“Nota Oficial

No dia 27 último, terça-feira, estivemos em Piracicaba, onde nos reunimos com a Dra. Kátia, Gerente da CETESB. Na oportunidade, encaminhamos a solução para o caso da autuação da Prefeitura de Águas de São Pedro, advertida por aquele Órgão no dia anterior. Esta Secretaria está procedendo ao licenciamento da área em questão, com vistas à utilização do depósito de resíduos de podas, provenientes de galhos e folhas diariamente recolhidos na cidade. Para melhor compreensão dos fatos, informamos que a área utilizada, e tão visada pela mídia nesta semana, NÃO É ÁREA DE PROTEÇÃO PERMANENTE (APP) propriamente dita. Apenas uma faixa daquela área, DENTRO DE 30 (trinta) metros da margem do lago, é Área de Preservação Permanente. No projeto ora em andamento, está previsto o plantio de 3.000 mudas de plantas nativas, já sob a posse desta Secretaria, no local a ser aprovado oficialmente pela CETESB. Finalizando, e sempre em nome da exatidão, esclarecemos que no dia 26, quando a Prefeitura recebeu uma ADVERTÊNCIA para proceder à regularização da área, foram mostradas imagens de áreas totalmente distintas. Uma era o local que a Prefeitura hoje está regularizando junto à CETESB. Já a segunda é uma área particular onde existe depósito de resíduos de construção civil, NÃO PROVENIENTES DA PREFEITURA.

Raymundo Lazaro Proficio

SECRETÁRIO MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE E SEGURANÇA PÚBLICA DA ESTÂNCIA HIDROMINERAL DE ÁGUAS DE SÃO PEDRO”

Como podem perceber, existem divergências entre o que foi divulgado na mídia e a nota oficial da Secretaria de Meio Ambiente e Segurança Pública.

Será que tudo não passou de um engano?

Seria a matéria vinculada na mídia fruto de uma denúncia direcionada objetivando interesses pessoais?

Pretendo ir até o local e acabar com essas e outras dúvidas que pairam no ar.

Espero realmente que a área utilizada para o descarte do material não seja uma área de preservação permanente (APP) e que as mudas sob posse da Secretaria sejam plantadas em áreas de relevante interesse ecológico.

Assim que surgir mais novidades sobre o caso, publicarei aqui, ok.

Um abraço a todos.

Cantidio B. Netto

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: