CÓDIGO FLORESTAL

Um texto bastante apropriado para este momento de intensas discussões entre deputados (ruralistas), universidades, estudiosos e ambientalistas sobre as alterações do Código Florestal Brasileiro. Os principais pontos de discórdia referem-se às alterações das Áreas de Preservação Permanente – APP e das Reservas Legais.

Este post teve a contribuição do meu amigo Alexandre Marques que me enviou por e-mail o texto acima. Vlw Lê!!

Um abraço!

Cantidio B. Netto

Anúncios
  1. Alexandre Marques
    29 de junho de 2010 às 15:58

    É nóis Netto! Valeu! abraço!

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: